compartilhe:

Vale a pena perdoar traição?

No começo do mês, a principal notícia em todos os sites de fofoca desse Brasil era a tal traição do Marcelo Adnet, marido da humorista Dani Calabresa. No final das contas, o que mais chamou a atenção não foi nem o fato de ele ter traído, e sim de ela ter perdoado! Todo mundo ficou dividido, uns apoiando a Dani, outros condenando o comportamento dela. Afinal, vale a pena perdoar traição?

É algo difícil de classificar, porque cada caso é um caso. “NOSSAAA MAS ELA ACEITOU O CHIFRE” Não galera, não funciona assim. Do mesmo jeito que tá tudo bem mudar de ideia, tá tudo bem perdoar traição. Isso não te faz uma pessoa burra, conformista. Só significa que você achou que o seu relacionamento valia mais do que aquilo. Fim. Não sabemos nada da vida pessoal da Dani, e ainda bem que não! Estamos de fora, e a nossa visão é muito curta para podermos falar algo. Só podemos julgar o nosso próprio caso.

Perdoar traição

O que eu aprendi com o tempo é que nem sempre a pessoa que traí QUIS fazer aquilo. As vezes simplesmente ela estava numa situação ruim, as coisas foram longe demais e quando você vê, não tem mais volta. Acontece, simples assim. Isso torna melhor? Claro que não, continua sendo horrível e extremamente desrespeitoso, mas acho que seja ~menos pior~ do que aquela traição na qual a pessoa vai para uma balada e pega várias, aproveitando que o companheiro não está junto. De novo, cada caso é um caso, e falar estando de fora se torna algo impossível.

É preciso estar junto, ser parte do relacionamento, saber o que você pode perder, conversar, entender. Por tudo numa balança e pensar se realmente o que aconteceu tem perdão. É algo extremamente pessoal e que nunca é fácil de fazer, mas quando é preciso, tem que ser com calma, e só entre vocês. Não adianta pedir conselho nem pra amiga, viu?

Não tem como fazer uma tabela dizendo qual tipo de traição é perdoável ou não, mas tem como falar que o relacionamento é seu. E se você achar que dá pra continuar, continua mesmo. Mas não olha para trás. Se for para voltar nesse assunto na primeira briga que tiver, é melhor seguir em frente.

Querem uma dica para facilitar a relação? Não traiam. Não fiquem em situações que podem te levar a fazer merda, somos grandinhos, já temos noção disso, né? Tá numa balada e viu que uma mina ta te dando mole? Se afasta, sai de perto. Ninguém é perfeito e não esperamos que você só tenha tesão pela sua namorada. Mas esperamos que você tenha bom senso. Se quer tanto assim, termina antes.

O importante é ser sempre sincero com quem estiver com você. Fez merda? Assume. Se sentiu mal depois? Fala. Esconder não melhora nada, e ter consciência pesada é horrível. Não desperdice um relacionamento que te faz bem por um erro idiota, e nem se prenda a um que te deixa desconfortável. O importante é você estar bem. Com alguém, ou sem 😉

Nunca traí e nunca fui traída. Só já mudei de ideia algumas vezes e vi pontos de vistas que quase ninguém vê.
Por que você não tenta fazer o mesmo?
<3

Autor:

Curte livros, podcasts e acha que o amor é importante. Adora azul, tem uma playlist só para cozinhar e só continua escrevendo porque disseram que ela era boa nisso.

Comentários deixe sua opinião sobre esse artigo

0 comentários em “Vale a pena perdoar traição?”

Deixe um comentário simpático :D