compartilhe:

Temperos: qual usar e onde

temperoNada como chegar para jantar e sentir aquele cheiro maravilhoso vindo da cozinha. E na hora que você experimenta, é aquele soco de sabor que quase te deixa desnorteado. Daí quando a pessoa que cozinhou é questionada sobre que tempero usou… É, nenhum tempero pronto e prático do mercado. As vezes ela comprou na feira, tem uma mini horta em casa, e a gente sai caçando nos mercados todos os temperos e condimentos possíveis e ainda assim não sai do mesmo jeito.

Mas o que combina carne? O que combina com frango? O que colocar na salada para dar um toque especial?

Açafrão – Usado em paella, risotos, sopas e frango. Tem aroma marcante e deixa uma cor alaranjada.

Aipo ou Salsão – De sabor bem acentuado, é indicado para o uso em sopas e salpicão.

Alecrim – Dá um aroma delicioso, geralmente é usado em massas, molhos, peixes e outros frutos do mar.

Cebolinha – Deve ser cortada em rodelinhas finas. Pode ser usada em saladas, omeletes, molhos e receitas com queijo.

Coentro – Com cheiro marcante, pode ser colocado em peixes, legumes. No feijão ele dá um gostinho delicioso.

Cominho – Pode ser usado em carne assada, batatas, e outros pratos que levem pimenta.

Curry – Bem usado na culinária indiana, o curry pode ser usado no arroz e em carnes brancas. Só tome cuidado com a quantidade: o curry é a misura de 65 temperos e condimentos, um bocadinho forte.

Estragão – Tem o sabor picante, pode ser usado em molhos, pratos que levem ovos, saladas e sopas.

Hortelã – Muito utilizado pelos árabes, o hortelã tem sabor refrescante e cai muito bem em massas, molhos e carnes. Com um pouquinho dele você consegue transformar sua salada verde.

Louro – Usado em sopas, carnes cozidas, peixes e no feijão. Só é preciso tirar as folhas assim que o prato estiver pronto, pois as folhas costumam ficar amargas depois de um tempo.

Manjericão ou Alfavaca – geralmente é usado fresco em molhos, carnes e legumes. Deve ser usada bem no final do preparo para não perder o aroma.

Manjerona – Parecido com o orégano, pode ser usado em batatas, saladas, arroz.

Noz moscada – Ingrediente principal em molhos brancos, a noz moscada deve ser ralada na hora, para não perder o aroma. Pode ser usada em peixes e outros frutos do mar também.

Orégano – De aroma inconfundível, o orégano dá sabor aos molhos, carnes e pratos com tomate. Na salada também dá um gostinho especial.

Páprica – Pode ser usada para substituir a pimenta para dar um toque picante e um aroma diferente ao prato.

Pimenta do reino – Usada em carnes e molhos, a pimenta do reino dá aroma e um leve sabor picante aos pratos.

Salsa – Fresca ou seca, dá sabor a omeletes, saladas molhos, patês, sopas e batatas.

Sáĺvia – Tem o sabor um pouco amargo, mas combina bem com legumes, queijos, molhos e frutos do mar.

Também vale lembrar que todos esses temperos devem ser usados conforme a receita pede, ou com moderação, para que um sabor não se sobressaia ou anule outro.
Maioria desses temperos são encontrados facilmente no mercado ou na feira, e devem ser guardados corretamente para não perder o aroma e o sabor:
– Temperos desidratados: devem ser guardados em potinhos, bem fechados e fora da geladeira.
– Temperos em pó: devem ser guardados em potinhos também, só que na geladeira, e bem fechados também.
– Temperos frescos: as folhas ou talos devem ser lavados e secos antes de ir para geladeira, e sempre guardados em pote bem fechado.

Autor:

Comentários deixe sua opinião sobre esse artigo

2 comentários em “Temperos: qual usar e onde”

Deixe um comentário simpático :D