Drops Archives - Cresci e Agora

Tudo bem mudar de ideia

Tem gente que acha que só porque você passou a vida inteira de um jeito, você perde todo o direito de mudar de ideia. E por pensar assim, perde oportunidades super valiosas. Esse artigo é especialmente para você que pensa assim, como se fosse uma luz descendo do céu, para te avisar que não é bem assim. Tudo bem mudar de ideia.

Você, tentando agradar a todos

Você, tentando agradar a todos

As pessoas mudam, amadurecem, são influenciadas – ou deixam de ser – e nessas mudanças todas, os nossos gostos e prioridades vão mudando. Algumas coisas mudam totalmente, outras só dão uma leve direcionada pra outro canto, e tem aquelas que nem mudam. É importante encarar isso como algo natural. Algo bom, que não tem motivo para ser ruim para você. Mudança não morde gente, e uma chance de ver a vida de um jeito diferente nunca deve ser desperdiçada  😉

Não se deixe atrasar por medo de mudar. Não ache que só porque você já namora a pessoa há 4 anos você tem a obrigação de casar com ela. Não ache que só porque está no mesmo trabalho desde sempre, é o seu destino continuar nele. Não ache que só porque você tem na cabeça que quer fazer publicidade faz 3 anos, não pode mudar para gastronomia no último minuto (hehehe). A sua vida são essas mudanças, são essas escolhas que te tornam única, que te expressam, que te fazem livre.

Por isso troque de namorado quantas vezes quiser , troque de emprego até achar um que goste, troque de faculdade sem medo (não importa se você tem 18 ou 81 anos), corta esse cabelo na orelha se te der vontade. Mude de ideia até querer mudar de novo. Pode ter certeza que as pessoas importantes vão sempre te apoiar, não importa o quê.

A ultima coisa que você precisa se preocupar é com a opinião dos outros. O que fazer a sua vida melhor, é válido. Única coisa que não pode é encher o saco alheio, tá? <3

É feio trocar o presente?

Trocar o presente é feioA coisa mais comum que existe é você receber um presente super animada, e quando ver, não é algo tão legal assim. Ou você nunca vai usar na sua vida, ou não faz seu estilo, ou apenas não é do seu tamanho. E agora? Trocar o presente e correr o risco de magoar a pessoa que te deu, ou deixar ele lá no fundo do armário juntando poeira?

É comum preferirmos deixar o presente lá, mesmo sem usar, apenas para evitar o incomodo de trocar e ficar aquele clima entre você e a pessoa que deu, e ai está o erro! Chateia bem mais você nunca usar o que ganhou do que pedir pra trocar.

Se você nunca usar, o presente se torna insignificante, e isso é algo que é muito pior do que trocar! O segredo de não ficar feio é apenas saber como trocar e como manejar a situação. Nunca trocar nada escondido é essencial para que tudo fique bem depois, o resto você vai adaptando de pessoa para pessoa, de acordo com o presente dado.

Presentes previstos tiram todo esse risco de não gostar, pois a pessoa te fala o que está pensando em te dar e você já tem a liberdade de corrigir e falar que é melhor dar outra coisa. Agora, quando é total surpresa, o melhor jeito de levar a situação é agradecer – sempre! – e depois explicar que não é bem o seu estilo e que você não vai usar muito.

Quando é roupa, por exemplo, a coisa facilita. Qualquer coisa que você não tenha gostado – seja cor, estilo ou caimento – é só colocar a culpa no tamanho e ir procurar outra peça. Nesses casos, é carta branca. Não é feio e nem a pessoa vai ficar chateada. Os outros tipos de presentes é na base da conversa, mas ainda assim não é feio.

Quando conseguir trocar o presente, é só agradecer ainda mais a pessoa e sair por ai usando e abusando!

Agora, se você realmente não quer errar no presente, veja nossa lista de presentes de última hora, presentes para o dia dos namorados e as melhores lojas para comprar online!

Qual tipo de bouquet de noiva escolher?

Pensamos tanto na decoração, na maquiagem e nos convidados que esquecemos de dar um pouco mais de atenção para o bouquet de noiva! Já vimos aqui sobre a escolha das flores e cores, e agora vamos falar um pouco sobre os tipos de arranjos. Afinal, um bom bouquet pode fazer toda a diferença na hora das fotos e da entrada.

Temos três tipos principais de arranjos: o redondo, o cascata e o estilo braçada. Qualquer flor que você tenha escolhido para o seu bouquet de noiva pode ser adaptada para todos os três, então não se preocupe quanto a isso. Antes de escolher, olha algumas características e fotos dos três modelos:

Bouquet de noiva redondo

É o mais comum e usado, feito com as flores bem juntinhas umas nas outras e redondinho. Um pouco pesado dependendo das flores escolhidas, mas como pode ser levado com as duas mãos isso não vira um problema. Combina muito bem com casamentos de dia e vestidos mais curtos e decotados.

Bouquet de noiva cascata

Normalmente é feito com flores que nascem em cachos, como as orquídeas, mas tem sido adaptado cada vez mais para todos os outros tipos de flores. O modelo é feito em V, como um cacho de uva, com mais flores em cima que vão caindo, formando uma cascata mesmo. É melhor levar com uma mão só para garantir toda a elegância que o estilo traz, e usa-lo em casamentos noturnos e mais sofisticados.

Bouquet de noiva tipo braçada

Menos conhecido mas não menos lindo, o bouquet estilo braçada é feito para se carregar como se fosse um bebê. Feito normalmente com flores com caules mais longos e duros, é como se fosse uma cascata invertida, com mais flores no meio que vão subindo. Perfeitos para casamentos ao ar livre ou vestidos com luvas.

E ai, qual vocês escolhem?

Para que serve shampoo anti-resíduos?

Muito já se ouviu falar sobre o shampoo anti-resíduos, mas você sabe mesmo por que – e se – ele é tão bom assim? Quando usar, como usar e se funciona tão bem assim são perguntas que você deve saber a resposta antes de gastar seu precioso dinheirinho nesse produto, e é claro que nós vamos te dar todas as respostas para evitar prejuízo <3

Shampoo anti-resíduosBom, diferente do shampoo sem sal, o shampoo anti-resíduos realmente funciona! A maior diferença dele para os shampoos normais é que ele limpa bem mais profundamente e retira tudo que não é natural do cabelo, seja poluição, oleosidade em excesso ou resíduos de outros produtos que você tenha usado. Ele resseca o cabelo, mas não agride tanto a saúde dos fios como os shampoos com sulfato, então cuidado para não confundir!

Tá, mas para que eu vou querer isso?

Sabe quando você faz uma hidratação ou usa um condicionador que costumava fazer milagres no seu cabelo e nada acontece? Então, isso é porque seus fios estão cheios de resíduos de produtos anteriores, que não estão deixando os novos fazerem o seu efeito total. O shampoo anti-resíduos é ideal para preparar o nosso cabelo para receber novos tratamentos, pois faz com que o efeito seja bem mais eficaz e forte nos fios.

Usar ele antes de pintar ou fazer uma progressiva também faz com que os dois durem por mais tempo, já que a tinta e a química vão pegar bem mais no cabelo. Ótimo também para começar a fazer o No-poo – se você tem o cabelo cacheado ou ressecado, você precisa conhecer essa técnica!

E pode usar toda hora?

Não! É um shampoo forte, o uso diário dele é terminantemente proibido, se não seu cabelo vai virar uma palha. Se seu cabelo for oleoso, use no máximo 1x por semana. Já se seu cabelo for seco se contente com 1x a cada 15 dias ou mensalmente, sempre com uma hidratação depois. Veja com o que você se adapta melhor.

O uso não é indicado para pessoas com cabelos tingidos ou com química, já que ele pode tirar um pouco o efeito. Claro que não vai tirar completamente, mas a progressiva vai diminuir e a tinta vai desbotar bem, então só use se for retocar logo, viu?

Aproveite que existem várias marcas populares, boas e nacionais no marcado, com o preço lá em baixo :) A diferença é visível logo na primeira lavagem, apenas cuidado com os exageros, ok?

E vocês? Costumam usar algum shampoo anti-resíduos? Diz qual para a gente!

No-poo, low-poo e co-wash: oi?

A dica de hoje é especial para pessoas com cabelo seco e quebradiço, que não aguentam mais ver aquele monte de frizz e não sabem mais o que fazer da vida. O segredo para tudo melhorar e o céu voltar a ser lindo são 3 técnicas: o No-poo, low-poo e co-wash, ou basicamente, parar de usar shampoo.

Isso mesmo, a ideia principal das três técnicas é deixar o shampoo de lado e lavar a cabeça com condicionador! A ideia pode parecer louca, mas funciona muito bem, principalmente em cabelos cacheados e crespos, por serem mais secos, e está ganhando cada vez mais adeptos. Acontece que muitos shampoos, principalmente os com sulfato, tiram a capa protetora dos fios, deixando eles mais sensíveis e consequentemente menos saudáveis, e a lavagem com condicionador purifica o couro cabeludo, deixando ele mais natural e saudável.

No-poo, low-poo e co-wash: o que é?

Mas o que significa isso tudo?

  • No-poo significa a abolição total no shampoo, indicado para os cabelos cacheados, crespos e enrolados, mais secos e que precisam de um controle de frizz maior.
  • Low-poo é apenas a redução do shampoo, para pessoas de cabelo liso ou ondulado, secos, pouco oleosos ou com química.
  • Co-wash é exatamente a prática de lavar o cabelo com condicionador, que também deve ser usada no low-poo, com mais frequência do que as lavagens com shampoo.

Ficou com vontade de experimentar? Olha algumas coisas importantes para você saber antes de começar:

Sua última lavagem com shampoo deve ser feita com um anti-resíduos, para tirar qualquer sujeirinha ou produto do seu cabelo.
– Na hora de comprar o condicionador para fazer a lavagem, procure os sem silicone! Isso é importante, veja atrás nos ingredientes: se algum terminar com -cone, -conol ou -xade, esse não é para você. O silicone cria uma camada nos fios que não saem com água, e não deixam a hidratação fazer efeito.
– Na hora de comprar shampoo, compre os sem sulfato e com pouca espuma (foam free), no low-poo, você pode intercalar ele com o co-wash, ou só usar de vez em quando mesmo.
– Lave com muita água, e massageie  bem o condicionador no couro cabeludo.

Agora é só aproveitar de tudo o que o seu cabelo tem a oferecer!

mais antigos >