compartilhe:

Alonso Mateo: entre a infância e mini-maturidade

Alonso Mateo é um garotinho de 5 anos, que tem muito estilo, provavelmente herdeiro de uma grande herança e mais de 23 mil seguidores no Instagram. VINTE TRÊS MIL seguidores conquistados com pouco mais de 50 fotos postadas com o “looks” que passam longe de infantis. Na verdade, Alonso Mateo poderia ser facilmente confundido com um adulto em miniatura, ao menos em suas fotos.

A mãe de Alonso Mateo, Luisa Fernanda Espinosa, é estilista e é quem tira a foto dos seus looks. A mamãe diz que se divertem fazendo compras e o próprio garoto que decide o look, ela dá só uma ajudinha.

Alonso Mateo

Lógico que a primeira vista ficamos encantadas com a fofura do mini-modelo-de-grife, mas em pouco tempo prestando atenção, o encanto vira estranheza e vai mais longe, e no meu caso virou medo.

O garoto criou gosto por roupas… até aí tudo bem. Mas não podemos esquecer que ele teve uma referência muito forte: a mãe. Que muito provavelmente estava bem engajada no seu trabalho.
Posso estar errada, como sempre podemos estar, mas me custa acreditar que isso seja saudável.

Primeiro, o menino deveria estar em outra fase, aqueeela de se vestir de super herói e querer salvar o mundo. Outros valores e desejos, como ser admirado por ser importante para existência do planeta. Quer dizer… com 5 anos, talvez nem nessa fase tivesse chegado ainda. Por enquanto, acredito que sua imagem no espelho e admiração das suas fotos sejam mais “legais”.
A criança pode até se divertir vestindo as grifes e modelando para os clicks da mãe, mas talvez isso fosse para outro momento, que brincar de carrinho ou lutinha não fosse mais tão divertido. Não vai dar para voltar nessa fase depois…

Segundo ponto importante, qual a percepção de compras, luxo e dinheiro que essa criança está tendo? Quais valores está aprendendo?
Acho que o menino Alonso Mateo é muito novo para entender algo sobre consumismo e duvido que a mãe tenha o cuidado de educa-lo para que não seja um futuro-homem movido a dinheiro e aparências.

Espero sinceramente que eu esteja errada, que tudo isso seja saudável, que a mãe não seja uma workaholic maluca, que o pequeno Alonso esteja vivendo sua infância com todos os direito de uma criança e que a mãe esteja sendo mãe e o educando corretamente.
Amém.

Alonso Mateo

Beijos

Autor:

Publicitária, por formação. Webdesigner, por curiosidade. Chocólatra, por vício. Mulher, por falta da opção de ser uma menina super-poderosa e salvar a cidade de Townsville.

Comentários deixe sua opinião sobre esse artigo

0 comentários em “Alonso Mateo: entre a infância e mini-maturidade”

Deixe um comentário simpático :D