compartilhe:

Aluguel: Seguro fiança, Fiador ou Deposito (Caução)

Aluguel - Seguro Fiança ou FiadorVocê decidiu alugar uma casa e começou a se deparar com os temos seguro fiança (seguro aluguel), fiador ou depósito.

Talvez você tenha se perguntado como é que funciona cada um deles. Eu já tive experiência com o Depósito, que no exterior é chamando de “Bond”. Agora estou assinando um contrato de aluguel com Seguro Fiança pela Porto Seguro.
Já que as interrogações apareceram para mim, talvez eu ajude compartilhando o que descobri, né?

Qualquer um dos três são garantias para quem está oferecendo a casa para alugar, o locador.
Em caso o locatário não pague o aluguel, ele não precisa ficar igual o Seu Barriga pedindo para o Madruga pagar 14 meses de aluguel.
O locador pode “acionar” essa garantia para receber os meses em atraso.
Veja como funciona cada um para o Locador e para o Locatário.

Aluguel: Seguro Fiança

Para locador: O sistema mais simples de receber os alugueis que o inquilino deixou de efetuar o pagamento, não é preciso recorrer ao judiciário, nem fiador. Todo o tramite é terceirizado por uma segurado e essa fica responsável pelo sinistro caso o aluguel não seja pago.
O serviço é mais caro, mas quem normalmente paga é o inquilino.
O locador tem 90 dias para registrar o sinistro.

Para locatário: O custo do seguro-aluguel para o locatário é cerca de 2 meses aluguéis e as vezes pode ser parcelado, depende da seguradora.
Apesar da maior vantagem ser para o locador, o locatário também garante a cobertura de serviços como reparos de elétricos e hidráulicos, além de outras coberturas dependendo da proposta.

Aluguel: Fiador

Atualmente, o mais utilizado, mesmo sendo difícil se conseguir um fiador.

Para locador: caso o locatário não seja fiel aos aluguéis, o locador tem o direito jurídico de exigir o pagamento do fiador (que normalmente tem um imóvel quitado como garantia).
O processo jurídico pode levar anos até o pagamento.

Para locatário: a parte mais difícil para o locatário é conseguir um fiador.
O fiador tem que dar muitas garantias, como ter 1 ou 2 imóveis no estado do que será alugado, assim como salário superior ao aluguel. É um risco grande, por isso muito difícil de conseguir alguém que queira correr.

Depósito/ Caução

Quando fiz intercâmbio, aluguel um apartamento com a caução (lá chamado de Bond).

Para o locador: apesar da garantia, é necessário um via judicial para resgatar o dinheiro, o que faz o processo ser mais demorado e burocrático.

Para o locatário: o problema da caução é que o pagamento inicial pode pesar no bolso, em compensação, se o inquilino cumprir com suas obrigações pode rever o dinheiro ao final do contrato.
Por lei, o caução tem o valor máximo de 3 meses (aluguel + IPTU + condomínio).

Tags:

Autor:

Publicitária, por formação. Webdesigner, por curiosidade. Chocólatra, por vício. Mulher, por falta da opção de ser uma menina super-poderosa e salvar a cidade de Townsville.

Comentários deixe sua opinião sobre esse artigo

2 comentários em “Aluguel: Seguro fiança, Fiador ou Deposito (Caução)”

Deixe um comentário simpático :D

  • Patricia disse:

    Por favor, posso fazer o depósito caução sem o locador ter assinado o contrato? Apenas com a minha assinatura?

  • ANTONIO disse:

    SEGURO DEPOSITO ?? GUANDO ACABAR O CONTRATO DE 12 MESES, O LOCADOR AUMENTADO O ALUGUEL NO QUAL O LOCATARIO NAO PODE PAGAR, LOCATARI QERENDO SAIR, O “SEGURO DEPOSITO” SERA DEVOLVIDO ???